SUSEME EMERGÊNCIA 2012

Uma paciente de 42 anos é atendida na emergênciade um hospital com quadro de desconfortoprecordial, associado a náuseas e vômitos. Apósrealização de eletrocardiograma, é realizado o diagnósticode infarto agudo do miocárdio, comsupradesnível de segmento ST, sendo uma dascondições abaixo considerada contraindicaçãoabsoluta à utilização de trombolíticos:

Comentário

1) Contraindicações absolutas: - Sangramento interno ativo; - AVE hemorrágico prévio em qualquer época; outros AVEs no último ano; - Neoplasia intracraniana ou de medula espinhal ou malformações arteriovenosas; - Suspeita de dissecção de aorta; - Trauma fechado de cabeça ou trauma facial nos últimos 3 meses. Contraindicações absolutas: - Hipertensão arterial grave não controlada na chegada ( >180/110 mmHg); - Uso de anticoagulantes (INR>2-3); - AVE isquêmico antigo (> 3 meses), outras doenças cerebrais que não as acima listadas; - Trauma maior, cirurgia, RCP prolongada (>10 min) ou sangramento interno nas ultimas 3 semanas; - Úlcera péptica ativa; - Punções vasculares não compressíveis recentes; - Gravidez; - Para streptoquinase: uso prévio (principalmente nos últimos 5 dias) ou história de reação alérgica. Cecil Medicine, 23rd edition (Cap 72).